Só liberdade, nada mais.

Padrão

Liberdade significa respeitar a si mesmo, unicamente. É uma espécie de egoísmo sadio, puro. Nada daquela história de prejudicar alguém, de machucar, a liberdade a que me refiro é a de ser o que se quer, sem amarras, sem defeitos, sem corrupção. Simplesmente a beleza de cada um. Aquela maculada desde o dia em que aprendemos a não fazer algo para não irritar o pai, ou a silenciar quando maltratados para a boa convivência em grupo. Besteira. Ser livre não se aproxima em nada do ser social que nos tornamos. Liberdade é o ar que respiramos, presente e intangível, leve e denso ao mesmo tempo. Liberdade é poder pronunciar, questionar, e fazer-se ouvir, independente do credo. Liberdade é a pureza de não ser mal, nem bom, nem estar dentro de parâmetro algum além da própria consciência, pois acredite, ela é um grande guia.Liberdade é emancipar-se dos medos, dos ciumes, das escravidões diárias de cada dia. É autenticidade. É unidade. É vida. É decidir que um sonho já não tem sentido e sonhar de novo, e de novo, e de novo. Liberdade é entender a sí mesmo, e saborear ser. A mim cabe a tarefa de soltar as ataduras, as algemas, as amarras, estou onde jamais quis deixar de estar: livre.

Anúncios

Uma resposta »

  1. Simplesmente, tudo a ver! Até me arrepiei ao ler, é uma situação que comecei a refletir faz algum tempinho e a tua conclusão é maravilhosa. Vou viver minha liberdade com esse pensamento 😉 Adorei! E é muito sincero meu comentário! haha, continua escrevendo..beijo nee! adoroo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s