Escrever?

Padrão

Agradeço todos os elogios quanto aos textos que escrevo, não sei recebê-los bem pessoalmente, desculpem, é o senso crítico. Sou do tipo de pessoa que nunca acredita que está fazendo algo realmente bom, sempre pode ser melhor. O blog é um espaço, assim como os meus outros flogs e blogs, que uso para desabafar como um diário. Não me preocupo com a gramática, com a coerência, apenas com a dita semântica, ou seja, o que significa cada uma destas mal traçadas linhas. Acho belíssimo saber escrever, tanto quanto admiro a riqueza da nossa língua, não pretendo criar um novo jeito de expressão, no entanto, acredito na comunicação de sentimentos. Não há tradução exata para palavras como “amor” ou “ódio”, são conjuntos e mais conjuntos de sensações, de gestos, de cores – pq não? – que somadas transmitem a intenção de quem se manifesta. Assim penso que sejam meus textos: sentimentos materializados. Que sentimentos? Unicamente os meus. Todas as confuões, as contradições, o essencial, o que me move também. Observe, contudo, que não estou dando um ataque egoísta, pelo contrário, no momento em que me expresso e há identificação em algum ponto daquilo que foi escrito é a mágica de escrever acontecendo. Por isso nunca paro, nunca me contento, nunca é o bastante, pois traduzir sentimentos de forma que sejam sentidos por quem lê é uma tarefa para grandes nomes: Chico Buarque, Caetano, Djavan, e mais alguns por ai. Há maior  manifesto de sentimentos do que nas frases “se ao te conhecer, dei pra sonhar fiz tandos desvarios, rompi com o mundo, queimei meus návios, me diz pra onde é que ainda posso ir?”¹ ou  “E que era preciso fugir para não perder o único instante, em que foste realmente a ausência de sofrimento, em que realmente foste a serenidade.”²É perfeito cada vez que se lê uma frase assim.

Que o mundo me permita ter coragem para buscar sempre e que o sofrimento sirva de inspiração.

Amem

(do verbo, amar.)

¹ Chico Buarque – “Eu te amo” (letra)

² Vinicius de Moraes – “Ausência” (poema)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s