Nada

Padrão

Nada dói mais que amar. Nda é mais corrosivo, nada é mais indigesto do que simplesmente querer o bem de uma pessoa acima do seu próprio. Nada é mais irrelevante, nada é mais inconsistente, mais infundado. Às vezes, você ama o que não presta, o que não merece, o que não corresponde, mas o amor é teimoso e ilógico: como? Acho que nunca saberemos responder. Talvez pelas diversas maneiras diferentes de amar a gente jamais se compreenda inteiramente.É simples e abstrato assim: amar nunca tem fim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s